segunda-feira, 19 de março de 2012

O caminho e o caminhar


Respostando do blog antigo, texto "velho" mas nem por isso empoeirado ;-)
Boa Leitura!




O que acontece no paganismo, onde alguns usam do pouco que sabem para tirar algum proveito e explorar aqueles que buscam de coração sincero por um caminho ou filosofia que melhor satisfaça os anseios da alma, leva a questionar os porquês de tantos desencontros e desencantos em uma busca que deveria conduzir a plenitude.  


“Há ovelhas e pastores, existem os buscadores e os facilitadores de buscas,  há os que escutam e os que falam, os que tiram suas conclusões e os que esperam que os mestres dêem as conclusões a eles.”


 Quando o buscador questiona o

sábado, 17 de março de 2012

O pássaro Fênix

No jardim do Paraíso,
debaixo da Árvore do Conhecimento
nasceu uma roseira.
Aqui, na primeira rosa, um pássaro nasceu,
seu vôo era como um brilho de luz
sua plumagem era bela, e sua canção encantadora.

Mas, quando Eva arrancou a fruta da Árvore
do Conhecimento do bem e do mal,
quando ela e Adão
foram levados do Paraíso,
ali caiu, da espada flamejante do Querubim,
uma faísca no ninho do pássaro

quarta-feira, 14 de março de 2012

O bambu



Do blog da Luna Peregrina

Depois de plantada a semente deste incrível arbusto não se vê nada por aproximadamente 5 anos, exceto o lento desabrochar de um diminuto broto a partir do bulbo.

Durante 5 anos todo o crescimento é subterrâneo, invisível a olho nu, mas uma maciça e fibrosa estrutura de raiz, que se estende vertical e Horizontalmente pela terra está sendo construída. Então, no final do 5º. Ano o bambu chinês cresce até atingir a altura de 25 metros.

Um escritor de nome Covey

sexta-feira, 9 de março de 2012

Bruxas de São Paulo


O Arquivo da Cúria Metropolitana de São Paulo é um tesouro histórico conhecido por poucos. Protegidos do pó em estantes de cedro, 9 000 processos cíveis e criminais permitem rara olhada na intimidade da vida cotidiana em São Paulo, sul de Minas e Paraná entre 1632 e 1856.  

Em meio a 10 milhões de registros de batizados, aparece o de Maria Izabel de Alcântara Brasileira, em 24 de maio de 1831. Supõe o historiador Jair Mongelli, chefe do arquivo, que se trata da filha ilegítima de dom Pedro I e Domitila de Castro Canto e Melo, a marquesa de Santos. "O nome está grifado", nota. Há também processos

Vá para página

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...Êxtase e Sabedoria...

Distribuição

Licença Creative Commons O trabalho de Nyctaluz Noctula é registrado sob uma Licença Creative Commons.
* Atribuição: Uso não-comercial!
* Vedada a criação de obras derivadas!
* Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor e o link para o site).
* Você não pode fazer uso comercial desta obra!
* Você não pode criar obras derivadas ou modificar o conteúdo de forma a distorcer o sentido das idéias divulgadas pelo autor.

Hora Certa