domingo, 6 de novembro de 2011

Resumo de: A Arte do Sonhar






Por Nyctaluz Noctula


Este resumo fiz em 2009, espero que seja de alguma valia aos curiosos e aos buscadores.

A Arte de Sonhar, 9º livro de Carlos Castañeda com os ensinamentos de D. Juan Malthus, publicado originalmente em 1993 pelo autor e editado no Brasil em 2007. O resumo segue divido em capítulos e estruturado em tópicos


1 - Feiticeiros da Antiguidade, uma Introdução:

a - Don Juan explica nessa parte sobre os Feiticeiros da Antiguidade, afirmando que estes viveram no México a milhares de anos passados e que foram os responsáveis pela criação da estrutura da feitiçaria, sendo que eram homens brilhantes e inteligentíssimos, porém muito pouco sensatos e menos ainda sábios;

b - Eles descobriram que o homem, ou cada indivíduo humano é composto por um Ovo Energético Luminoso, onde um filete de luz está ligado entre as omoplatas de cada um e permite ao ovo que na realidade são, ter consciência eles definiram o lugar onde o fio de luz toca o ovo como sendo o 'ponto de encaixe', o lugar onde o Ponto de Encaixe fica grudado no Ovo define a qualidade da consciência do Indivíduo, a consciência atual da humanidade do século XXI é definida pelo local onde o filete energético se liga na luminosidade oval, isso significa que toda a humanidade tem a mesma percepção dos objetos devido a que o ponto de encaixe está num lugar igual em todos os ovos, ou indivíduos;

c - Estes Feiticeiros antigos criaram a Arte de Sonhar, onde o indivíduo aprende a interagir em Universos nos quais não vive usualmente, ele faz isso através da manipulação do ponto de encaixe, ou seja, modificando voluntariamente o lugar onde o fio luminoso se encaixa no ovo, é possível modificar a qualidade da consciência e dessa forma "viajar" a outros Universos diferentes deste a que estamos habituados;

d - Os feiticeiros antigos aprenderam a mudar a posição do seu ponto de encaixe tanto pela parte de dentro quanto pela parte de fora do ovo luminoso que são, mudando a posição de encaixe do fio de luz por fora do ponto luminoso expandiram sua consciência a tal ponto que se tornaram prisioneiros dos Seres Inorgânicos, habitantes de outro universo;

e - Após o sumiço destes feiticeiros antigos uma nova geração menos “idiota” surgiu e continuou a desenvolver os meandros da Feitiçaria só que com um objetivo diferente do que os Feiticeiros Antigos pretendiam, para não cair vítima das mesmas armadilhas que os anteriores caíram. Após o surgimento dos novos feiticeiros houve diversas linhagens, uma destas teve 8 (oito) Naguais até chegar ao Nagual Sebastian, o qual se encontrou pessoalmente com um Feiticeiro Antigo o qual escapara da prisão no Universo Inorgânico. Desde então o os naguais passaram a obter conhecimentos sobre os métodos de Feitiçaria empregados pelos antigos feiticeiros, o acordo entre os Naguais dessa linhagem e entre o Desafiador da Morte, ou Inquilino, como passou a ser conhecido o Antigo Feiticeiro sobrevivente era que o Nagual forneceria energia ao Inquilino para que este sobrevivesse mais um tempo na terra e em troca receberia deste um pouco de conhecimento da Feitiçaria Antiga e também alguns dons conquistados pelos feiticeiros antigos;

f - A linhagem depois do surgimento do Inquilino foi composta pelo Nagual Sebastian, que recebeu 10 dons; pelo Nagual Santisteban, 7 dons; pelo Nagual Lujan, 50 dons; pelo Nagual Rosendo, 6; pelo Nagual Elias, 4; Nagual Julian, 16; Nagual Juan Matus, 2 e finalmente o Nagual Carlos Castaneda se recusou a receber qualquer don proveniente do desafiador da morte.

(Nota: A algum tempo atrás vi uma entrevista no programa do Jo Soares com os escritores do filme Matrix, naquela ocasião eles comentaram que foi justamente do livro 'A arte de Sonhar' que eles tiraram a idéia de pessoas presas em casulos com fios ligados na nuca sem ter idéia da verdadeira realidade onde estão, como aparece no filme)


2 - O primeiro portal do sonhar:

a - Para obter consciência nos sonhos é preciso conquistar a segunda atenção e também a atenção sonhadora, o modo de desenvolver essa atenção é poupando energia, isso pode ser feito recapitulando-se a vida e resolvendo antigas pendências e mágoas que ficam guardadas em forma de ressentimento impedindo nosso avanço;

b - O primeiro passo rumo ao primeiro portal do sonhar é estabelecer o sonho, ou seja, controlar lucidamente o sonho, por exemplo, se em um sonho estiver sonhando que se esta dentro de uma sala de aula, então deve controlar as paredes, o piso, as carteiras de modo que eles não se dissolvam como acontece costumeiramente nos sonhos;

c - É preciso desenvolver a Atenção Sonhadora, isso se faz olhando-se para um determinado objeto presente nos sonhos, primeiro pode-se começar tentando encontrar as próprias mãos nos sonhos e tomar consciência delas, depois se focando em um objeto qualquer presente nos sonhos, o modo para não deixar que esse objeto se dissolva ou transforme em outra coisa, é olhando para ele, para um outro objeto, e ainda para um terceiro objeto e depois para um quarto objeto do sonho e depois voltando novamente o olhar para aquele primeiro objeto anterior e novamente observar a sucessão, até que se obtenha mais controle sobre o objeto no sonho, até se poder olhar para todos os objetos componentes do sonho de modo que nenhum se dissolva;

d - No sonho usamos nosso corpo energético, desse modo ao tomarmos consciência dos objetos que nos cercam e fixarmos a atenção, podemos perceber também nosso corpo energético mais facilmente e podemos perceber outras formas de energia, dessas outras formas de energia, muitas são enviadas pelo reino mineral para nos observar e compartilhar consciência conosco, estes são seres reais originários de outro universo muito mais perene e muito mais consciente do que o nosso, porém não menos predatório. Atinge-se o primeiro portal do sonhar ficando consciente de que se está caindo no sono, tornando-se consciente dos sonhos e tendo sonhos reais, ou seja, que não se dissolvem nem transformam banalmente como nos sonhos comuns;

e - "Os sonhos são uma porta, um alçapão para outros mundos. Assim, os sonhos são uma via de mão dupla. Por esse alçapão nossa consciência atravessa para outros reinos; e esses outros reinos mandam batedores para nossos sonhos." ( D. Juan )


3 - O segundo portal do sonhar; 4 - Fixando o ponto de aglutinação; 5 - O mundo dos seres inorgânicos; 6 - O mundo das sombras; 7 - O batedor azul:

a - O segundo portal do sonhar é alcançado quando acorda-se de um sonho em outro sonho, ou seja, dormir e sonhar que está dormindo e dentro do dormir sonhar novamente ou então de outra forma sonhar diversos sonhos e conseguir pular de um a outro e retornar ao sonho anterior e a outro sonho ainda em momentos subsequentes observando tudo com a atenção sonhadora, e aí observar os objetos do sonho de modo a definir quais são objetos do sonho e quais não são objetos do sonho, isto é, quais componentes do sonho são em realidade enviados de outros universos; E em seguida a isolar estes batedores o passo seguinte é seguí-los até o universo deles;

b - O emissário dos sonhos é um ser Inorgânico que se torna companheiro do sonhador, dialogando com ele mesmo nos momentos em que está acordado durante o dia, e fazendo afirmações sempre óbvias, no sonho o emissário comanda os atos do sonhador sempre dizendo o que ele tem de fazer e qual o passo seguinte para controlar o sonho;

c - Quando nosso corpo energético encontra-se no sonho, ele é levado e movimentado para os lados sendo conduzido pelos batedores do universo inorgânico que tem pleno conhecimento do mundo dos sonhos e suas leis. Conseguindo seduzir um humano através do inflamento do ego, de promessas de conhecimento ilimitado ou de bajulações infinitas, para que permaneça no mundo deles, os seres inorgânicos obtém uma fonte de energia mais ágil que a deles visto que os Seres Orgânicos tem vida curta e imensa quantidade de energia, já os Seres Inorgânicos tem vida praticamente eterna, mas pouquíssima energia, assim sendo o sonhador aprisionado é como o alimento sendo devorado pelo predador, e isso dura a eternidade. Com exceção do Desafiador da Morte ou Inquilino, do Nagual Elias e depois do próprio Castaneda não há noticias de outra pessoa que tenha retornado do universo Inorgânico após ter sido feito prisioneiro;

d - O Universo em geral é essencialmente feminino, composto quase em sua totalidade por energia feminina e isso faz com que o elemento masculino seja tão procurado pelos seres de outras dimensões, devido a sua escassez. Os batedores do universo inorgânico não aprisionam mulheres, diferentemente dos componentes do sexo frágil, o masculino;

e - Ao se cruzar o segundo portal do sonhar deve-se intentar um maior controle sobre o corpo energético, de modo que ele possa voltar automaticamente e voluntariamente para junto do corpo físico ao menor sinal de perigo. Essa é a válvula de segurança que os sonhadores tem;

f - "A busca da liberdade é a única força que eu conheço. Liberdade de voar até aquele infinito lá fora. Liberdade para me dissolver; para decolar; para ser como a chama de uma vela, que mesmo diante da luz de um bilhão de estrelas, permanece intacta, porque jamais pretendeu ser mais do que é: uma simples vela." ( D. Juan )

g - Para um sonhar perfeito é necessário calar o diálogo interno, isso pode ser conseguido apertando-se cristais de quartzo com 5 a 7 cm de comprimento entre os dedos, ou então com alguns seixos de rio, finos e lisos, dobrando-se a mão e apertando o quartzo ou os seixos. Pinos de metal lisos da mesma grossura dos dedos também servem, é preciso pressionar até quase sentir dor; depois de um tempo de prática qualquer coisa serve. Cair no sono num momento de total silêncio gera a condição perfeita para o sonhar; usar um anel de ouro um pouquinho apertado no dedo funciona como ponte entre a consciência cotidiana e o sonhar sem que seja preciso dormir; a pele humana transporta energia do universo orgânico para o inorgânico e vice-versa, durante o sonho, mesmo durante o sonho comum quer o individuo queira ou não; a pele fresca, sem pigmentos ou óleo se presta melhor para essa função; usar um cinto apertado, uma faixa na cabeça ou um colar também serve para criar centros de troca de energia na pele. Para filtrarmos energia durante o sonho basta afirmarmos em voz alta no sonho esse nosso desejo. Para controlar melhor nossa atenção sonhadora basta pressionarmos a ponta da língua no céu da boca, no sonho, enquanto sonhamos e no momento que quisermos maior atenção;

h - "Para mim a natureza diabólica do reino dos seres inorgânicos é que ele pode muito bem ser o único santuário que os sonhadores têm num universo hostil. [...] Ele é definitivamente um porto seguro para alguns sonhadores. Não para mim. Não preciso de escoras nem de corrimãos, sei que estou sozinho num universo hostil e aprendi a dizer: Que seja!" ( D. Juan );

i - "O caminho do sonhar é cheio de armadilhas, e evitar essas armadilhas ou cair nelas é o problema pessoal e individual de cada sonhador, e devo acrescentar que é um problema definitivo.[...] O desafio é cada um de nós pegar apenas o que for necessário daquele mundo, e nada mais. Saber o que é necessário é a virtude dos feiticeiros; mas pegar apenas o necessário é sua maior realização. Deixar de compreender essa regra simples é o meio mais seguro de despencar numa armadilha" ( D. Juan )


8 - O terceiro portal do sonhar:

a - "O terceiro portal do sonhar é alcançado quando você se pega num sonho olhando para outra pessoa adormecida. E descobre que essa pessoa é você mesmo." ( D Juan );

b - Para saber se o corpo adormecido é mesmo o seu, um bom truque é observar as roupas com as quais foi deitar-se e ao se descobrir num sonho olhando para seu corpo adormecido, deve observar os detalhes do quarto, as paredes, teto e assoalho físicos do quarto onde seu corpo dorme, para que o corpo energético obtenha conhecimento do mundo físico e torne-se consolidado. Deve-se também movimentar voluntariamente o corpo energético para frente e para trás, de modo que ele pare de ser puxado de um lado para outro pelos seres inorgânicos e conquiste autonomia sobre estes. Conseguindo autonomia para se mover com o corpo energético podemos ficar fora do alcance dos seres inorgânicos;

c - Um exercício para conseguir maior autonomia no sonhar é libertar-se das amarras de antigos acontecimentos através do recapitular. A energia consciente de que o universo é formado é emprestada aos ovos luminosos de que somos formados e persegue estes tomando para si a consciência do ovo luminoso que ele obtém durante sua vida. Através da recapitulação é como se vivêssemos duas vezes a mesma experiência, assim quando o universo feminino predatório toma para Sí a nossa consciência ainda vai nos sobrar uma quantidade extra para adentrarmos no sonhar, também precisamos nos libertar das energias dos outros que tiverem permanecido em nós, uma forma de ejetarmos energia alheia é com a expiração enquanto recapitulamos nossas vidas e uma forma de recuperarmos nossa própria energia é com a inspiração enquanto recapitulamos;

d - Após a obtenção do controle sobre o corpo energético o passo seguinte é aprender a observar a energia diretamente sem se fixar nas aparências dos objetos que elas têm, para descobrir quais objetos do sonho são meros objetos de sonho e quais são geradores de energia. Isso pode ser conseguido verbalizando esse intento durante o sonho.


9 - A nova área de exploração; 10 - Espreitando os espreitadores;

a - Observando-se desse modo a energia, nos sonhos, pode-se perceber outros batedores de outros universos que não são do reino inorgânico, também pode se viajar a lugares diferentes e inclusive ser atacado por seres gigantescos de energia, porque do mesmo modo como batemos com o chinelo em cima de uma incauta barata que se atreve a cruzar nosso caminho, assim também os seres daquela dimensão esmigalham os incautos sonhadores que se atrevem a se enfiar no mundo deles;

b - "Se o homem for capaz de evoluir. A grande tarefa dos feiticeiros é trazer a idéia de que, para evoluir, o homem deve primeiro libertar sua consciência das amarras da ordem social. Uma vez que a consciência estiver livre, o intento irá redirecioná-la para um novo caminho evolucionário" ( D. Juan );

c - No universo predatório disposto a despedaçar o único refúgio seguro para os sonhadores é o mundo dos seres inorgânicos, eles podem dar abrigo e prolongar a consciencia sonhadora durante quase uma eternidade; a energia necessária para mover o ponto de encaixe de modo a alterar a qualidade da percepção vem do reino dos seres inorgânicos; a solução tem sido tomar a energia dos seres inorgânicos sem no entanto ceder a sua influencia.


11 - O inquilino:

a - "Perceber direto a energia, para os feiticeiros modernos, é uma realização pessoal. Nós manobramos o ponto de encaixe através da autodisciplina. Para os feiticeiros antigos, o deslocamento do ponto de encaixe era conseqüência de sua submissão a outros, seus mestres, que realizavam esses deslocamentos por meio de operações obscuras e os ofereciam aos seus discípulos como dons de poder. [...] Para alguém que tenha mais energia do que nós, é possível fazer qualquer coisa conosco, por exemplo, o nagual Julian poderia ter me trasnformado em qualquer coisa que quisesse, um criminoso ou um santo. Mas era um nagual impecável e deixou que eu fosse eu mesmo" ( D. Juan );

b - O Nagual Julian dissera ao Nagual Juan Malthus que o uma viúva estava apaixonada por ele, ao encontrar com essa viúva, D. Juan descobriu que se tratava na realidade do Desafiador da Morte, o qual lhe roubou um pouco de sua energia de Nagual e lhe concedeu dois dons, muito embora D. Juan estivesse revoltado com a situação;

c - Levado por D. Juan para uma igreja, Castaneda teve seu segundo encontro com o Desafiador da morte, adentrou no sonho do Inquilino cruzando o quarto portal do sonhar, que consiste em interagir no sonho de outro feiticeiro, lá sem perceber acabou servindo como instrumento da vingança de D. Juan contra o Inquilino, mas a despeito disto recebeu deste o ensinamento de que a posição em que o sonhador coloca o corpo para começar a dormir é extremamente importante que seja a mesma posição em que o sonhador coloca o corpo para dormir dentro do sonho antes de começar a sonhar um segundo sonho no qual deseja consolidar o sonho e obter maior coesão e percepção total;

d - O Inquilino explicou a Castaneda que os feiticeiros antigos eram treinados em recriar a realidade do mundo cotidiano dentro do sonho até nos ínfimos detalhes e fazer isso de forma tão sólida que foram capazes de transportar as populações de cidades inteiras para uma realidade semelhante ao seu mundo anterior, quando os invasores espanhóis chegaram às américas, o próprio Castaneda permaneceu desaparecido por nove dias enquanto conversava com o Desafiador da morte no mundo de sonhos criado por este, quando retornou, descobriu que Carol Tiggs tinha sido levada para um desses mundos de sonhos.

O livro termina aí, Castaneda não diz se conseguiu ou não atravessar o 5º, o 6º e o 7º e último portal do sonhar.

O próximo livro na seqüência é "Passes Mágicos" que foge ao roteiro seguido até então pelo escritor, depois vem "A Roda do Tempo" que é uma coletânea de frases e pensamentos e então tem o "Lado Ativo do Infinito", que ainda não li.

Fraternos Abraços e se acharam complicado então leiam o livro e verão que fiz um resumo o mais fiel e sintetizado possível, o próprio livro é auto-explicativo, mas qualquer dúvida que tiverem, perguntem.

Nick


Baixar esse texto em pdf, clique aqui.

Ler livro A arte do sonhar online, clique aqui.