sexta-feira, 24 de maio de 2013

Na Floresta




Gibran

Na floresta não existe nem rebanho, nem pastor.
Quando o inverno caminha, segue seu distinto curso como faz a primavera.
Os homens nasceram escravos daquele que repudia a submissão.
Se ele um dia se levanta, lhes indica o caminho, com ele caminharão.
Dá-me a flauta e canta! 
O canto é o pasto das mentes. 
E o lamento da flauta perdura mais que rebanho e pastor.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Reflexão

Hoje vi a vida nascer do meio da carne pútrida da morte de Samhain. Senti e distingui o aroma de flores no meio do cheiro de sangue.


Hoje vi um feixe de sol iluminando um minimo broto de um arbusto seco. Entendi o que vinha sentindo. Morrigan em sua plenitude invernal, começa a se despedir. É a vez dela morrer e se recolher (eu já morri, mais uma vez).

Vá para página

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...Êxtase e Sabedoria...

Distribuição

Licença Creative Commons O trabalho de Nyctaluz Noctula é registrado sob uma Licença Creative Commons.
* Atribuição: Uso não-comercial!
* Vedada a criação de obras derivadas!
* Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor e o link para o site).
* Você não pode fazer uso comercial desta obra!
* Você não pode criar obras derivadas ou modificar o conteúdo de forma a distorcer o sentido das idéias divulgadas pelo autor.

Hora Certa